Noticias

Manifestantes bloqueiam BR-101 em João Pessoa e pedem justiça após morte de jovens em Bayeux

Os jovens, que estavam desaparecidos desde o último dia 4 de julho, foram encontrados enterrados em uma cova rasa com os corpos decapitados e as mãos amarradas, na manhã desta terça-feira (9).

Manifestantes realizaram um protesto na BR-101, em João Pessoa, e bloquearam o trânsito nas proximidades das Três Lagoas no início da tarde desta terça-feira (9). O ato pedia justiça após a morte de dois jovens, que foram encontrados decapitados e enterrados em uma cova rasa em Bayeux após passarem cinco dias desaparecidos.

Com início por volta das 12h, os manifestantes atearam fogo em colchões, pneus, pallets, entre outros materiais para bloquear a rodovia, que ficou interditada nos dois sentidos e causou um longo congestionamento. Às 15h, ambos os sentidos da estrada estavam liberados.

Em determinado momento do protesto, houve a intervenção da Polícia Militar, que utilizou balas de borracha contra os manifestantes, ação que levou ao fim do confronto pouco depois. Quatro pessoas foram detidas no protesto.

O protesto aconteceu em resposta à morte de dois jovens, o adolescente Renan, de 16 anos, e Wendes de Caldas Silva, de 24 anos, que desapareceram depois de comparecerem a uma sucata para comparar materiais e foram encontrados mortos na manhã desta terça-feira (9).

Os corpos dos jovens foram achados com marcas de perfurações de tiro. Além disso, os policiais também encontraram um facão próximo ao local, que pode ser uma arma utilizada no crime, não só para ferir as vítimas, como também para decapitá-las.

Segundo o delegado Diogo Garcia, encarregado do caso, os jovens podem ter sido mortos por serem residentes de uma região que é dominada por uma facção criminosa rival da que atua no local onde eles estavam.

 

What's your reaction?

Excited
0
Happy
0
In Love
0
Not Sure
0
Silly
0

You may also like

More in:Noticias

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *